sexta-feira, 7 de março de 2008

leve o suficiente para olhar pra frente

Passei a dormir na varanda porque não podia mais ficar trancada na minha jaula quente. Que estranho dormir assim, sem teto e sem parede. Periga os sonhos sairem voando. E não é que eles voam mesmo? Então eu vôo até o oceano onde mergulho bem no fundo pra me refrescar da noite quente e acordar leve para olhar pra frente.

Um comentário:

john disse...

e pra se manter firme pra não olhar para trás? aí que tá a dificuldade.